O Design é estratégico para seu negócio?

Mais do que um fator estético, o DESIGN é o responsável pela maneira como sua empresa é vista pelo mercado: moderna, descolada, clássica, sofisticada, tradicional etc. O DESIGN constrói códigos visuais que fortalecem o posicionamento, os diferenciais e a personalidade de uma marca.

No processo de construção da marca, o DESIGN deve ser aplicado a toda forma de interação possível da empresa com o público, como por exemplo: no logotipo; na identidade visual; na comunicação institucional; nas embalagens e rótulos; no site; no catálogo de produtos e, mais modernamente, até na comunicação da empresa nas redes sociais.

 

Mas por que isso é tão importante?

Porque uma “Identidade de Marca” bem construída permite que seu cliente reconheça facilmente sua empresa, criando assim um vínculo com ela e diferenciando-a da concorrência.

Estes princípios se aplicam a todos os segmentos de negócios, mas vamos tomar como exemplo uma empresa que atue no setor de Venda Direta.

Pois bem, esse é um modelo de negócio que precisa atrair pessoas interessadas em defender sua marca além, é claro, de pessoas que desejem consumir sua marca. Temos, portanto, o fator aspiracional como um aspecto fundamental para o seu sucesso.

Uma empresa que se apresente de forma amadora, com um catálogo mal feito, dificilmente conseguirá atrair a atenção e o desejo das pessoas, seja pela oportunidade de negócio ou pelos seus produtos. É preciso transmitir segurança, qualidade e profissionalismo.

Na venda direta, o catálogo de produto, muitas vezes, é a principal ferramenta de relacionamento da empresa com revendedores e consumidores. É a vitrine da empresa e através dele acontece a primeira experiência do público com a marca.

É fundamental, portanto, que o catálogo retrate o que é a empresa, valorize a exposição de produtos e traga a informação de forma clara e atraente, contribuindo para potencializar a satisfação de compra do cliente.

 

E qual é o papel do Designer nesse processo?

É ele o responsável por estudar os aspectos que provocam o desejo do público por uma marca. É o profissional que possui a capacitação técnica necessária para desenvolver materiais (impressos ou digitais) capazes de contribuir positivamente para construção da imagem de uma marca junto ao seu cliente.

O projeto editorial, a direção fotográfica, a diagramação, a indicação de gramatura do papel, o formato e o acompanhamento de produção são algumas das importantes responsabilidades do designer para garantir a qualidade dos materiais de comunicação.

Outra importante atribuição é a assessoria prestada ao cliente para orientar e criar uma metodologia de trabalho que seja capaz de organizar, inclusive, a rotina da empresa para publicar periodicamente novas edições dos catálogos, sempre focando na otimização de recursos e na melhoria contínua do processo e do material.

Como exemplo do quanto o DESIGN pode ser importante para seu negócio, podemos citar empresas como Natura, Avon e Boticário, que mesmo líderes de mercado, sempre investem pesado no desenvolvimento de novas embalagens, materiais de comunicação, catálogos e até mesmo no redesenho de suas marcas. Tudo para se manterem atualizadas e alinhadas às exigências de seus clientes.

Por isso é importante que os empresários deixem de olhar para o DESIGN como custo e passem a valorizar essa atividade como parte fundamental de seus investimentos. Afinal, a experiência nos mostra que tudo fica melhor com um bom“TOQUE DE DESIGN”.

 

Marcelo Cabral

Chief Designer

TOQ Design

www.toqdesign.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X