A Tecnologia é O CAMINHO para a Reinvenção da Venda Direta

Os grandes desafios das empresas como um todo e, particularmente, de todas as empresas de vendas diretas são diversos e em constante mutação, sejam para as que atuam através do modelo de marketing multinível ou do modelo binível ou ainda das que ainda praticam o tradicional modelo mononível.

Situações como fraude nos pagamentos e falta de recursos tecnológicos adequados para administrar o recebimento dos pagamentos de clientes por parte dos distribuidores independentes estão entre as principais razões de inadimplência das empresas.

Outro grande desafio é o de capacitar e desenvolver o canal de distribuidores, ainda mais em um país com tantos “extremos” como o Brasil, onde a dificuldade de locomoção tanto para quem vai como para quem vive nos grandes centros, a jornada estendida e a falta de tempo, tornam-se vilões implacáveis. Fora ainda a dificuldade para uma empresa de vendas diretas saber exatamente se o cliente final de seus distribuidores é atendido adequadamente, se tem acesso às promoções e, principalmente, se está satisfeito com os produtos ou serviços da empresa.

Estas e outras características peculiares do segmento tornaram-se ainda mais relevantes ao considerarmos os efeitos da realidade dos negócios Omnichannel e do novo perfil de consumidores e distribuidores que chegam até as empresas atualmente, que apontam para a necessidade imediata da reinvenção, já que o relacionamento nos dias de hoje deixou de ser baseado tão somente na proximidade física para ser também fortemente digital. No mínimo, o “fisital”, unindo mundo físico e digital.

E em um universo regido pelo digital, quem não estiver conectado e disponível para interagir na velocidade de um “clique a clique” irá tornar-se ultrapassado e perderá instantaneamente para aquele que estiver mais atualizado. As empresas do Marketing Multinível têm sido pioneiras neste sentido, mas ainda não podemos afirmar que seja a totalidade dessa modalidade devido ao surgimento de muitas pequenas empresas, nem sempre com recursos para essa grande transformação.

O fato é que, hoje, além de ser quase impossível acreditar que uma empresa possa nascer e sobreviver no mercado sem ter contemplado ao menos dois canais em sua concepção, outro grande desafio é controlar, convergir e integrar virtualmente as relações entre distribuidores independentes e consumidores finais.

Se uma empresa estiver “antenada” com estes e outros desafios, com a necessidade de reinvenção da Venda Direta e a importância da adoção de Estratégias Multicanais, terá que necessariamente pesquisar e conhecer plataformas tecnológicas que permitam dar um passo em direção ao futuro e à realidade do novo mundo Omnichannel.  As empresas precisam estar preparadas para o “dia a dia” desta nova realidade. Ela é irreversível!

 

Por Marcelo Pinheiro, fundador e CEO da DirectBiz e especializado em Vendas Diretas e Gestão Estratégica de Negócios.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

X